PÉ NA AREIA

PRAIA DA TIRIRICA - ITACARÉ - BA

Estamos à 150 metros da Pituba, rua que concentra o movimento dos botecos, restaurantes e lojas, e à 600 metros da Praia da Concha, no encontro do rio com o mar.

mapa-costa-do-cacau

Situada na Costa do Cacau, a cidade de Itacaré foi em seus origens uma aldeia indígena que vivia da caça, pesca e agricultura de subsistência. Foi a colonização portuguesa e jesuíta a que ergueu uma capela e batizou a população como São Miguel da Barra do Rio de Contas. Mais tarde, em 1723, foram construídas a Igreja Matriz e a Casa dos Jesuítas, e nove anos depois Itacaré passou a ter categoria de município. Só em 1931 mudou o nome para a sua designação atual: “itacá” (río ruidoso) e “ré” (diferente).

 

Itacaré é famosa pela sua abundante mata atlântica e cultivo de cacau, produção que pelos seus requerimentos ajudou a manter a floresta nativa e única da região. Com mais de 15 praias deslumbrantes, trilhas na mata atlântica, o Rio de Contas que atravessa boa parte da Bahia para sair no mar na orla da cidade, cachoeiras e córregos por todos os caminhos, Itacaré não é só natureza, mas também história, cultura nativa e vida noturna. A Pituba e a Passarela da Vila, ruas principais do movimento turístico, concentram a maioria dos restaurantes, bares e diversas lojas e atividades.

 

Estamos a 233 km de Salvador (via ferry-boat em Bom Despacho), 370 km de Porto Seguro e só 70 km ao norte de Ilhéus. Para chegar de avião, essas três cidades tem aeroportos nacionais e internacionais. De carro, o acesso é pela BA-001, primeira estrada ecológica do Brasil em seu trecho entre Itacaré e Ilhéus (APA Serra Grande – Itacaré). Também existem serviços de ônibus operando regularmente para chegar desde qualquer uma dessas cidades.